Notícias

Lenísio, um campeão mundial nas quadras da FUPE e do Campeonato Interclasses da UNIP

Entre muitos títulos conquistados, foi campeão da Liga Futsal e é o segundo maior artilheiro da história da competição, tendo marcado 50 gols na edição de 2000.

05/05/2014 | por:

Por Renato Fugulin

Lenísio Teixeira Júnior é conhecido no mundo do futsal apenas por Lenísio. Entre muitos títulos conquistados, foi campeão da Liga Futsal e é o segundo maior artilheiro da história da competição, tendo marcado 50 gols na edição de 2000. Além disso, foi pivô da Seleção Brasileira, com a qual se sagrou campeão mundial em 2008.

Mesmo depois de ter encerrado a carreira no ano passado devido às lesões no joelho esquerdo e nas panturrilhas, Lenísio ainda compete, agora nas quadras dos campeonatos da FUPE e do Interclasses da UNIP. E garante, a sede por títulos continua grande.

Lenísio está no primeiro semestre de Educação Física do campus Tatuapé e falou sobre o curso. “Está sendo muito bom. Sempre gostei da área, é o meio em que vivo. Era um projeto que tinha para quando parasse de jogar. Meu objetivo é me formar e fazer novas amizades com colegas e professores”, explicou Lenísio. “Muita gente pensa que só estuda Educação Física quem quer ser treinador, mas acho que Educação Física não é só educação do corpo. Abrange um pouco de tudo, desde nutrição até anatomia, passando por marketing. É uma área muito grande”, afirmou.

Lenísio admitiu ainda não ter pensado no que fará após se formar. “Estou gostando muito das matérias. Tenho um curso de Gestão Esportiva e agora estou estudando Educação Física. Estou só no começo, então por enquanto ainda não tenho nada em mente em relação ao futuro”, confessou.

Supervisor técnico do time de futsal do Corinthians desde setembro de 2012, o antigo pivô concilia a função com os estudos. “Está sendo bem corrido. Era bem melhor jogar!”, brincou o ex-jogador de 36 anos. “A vida de jogador é totalmente diferente do que a de uma pessoa ‘normal’. Claro, ser atleta é muito bom. Viajamos, realizamos o nosso sonho. Mas sabia que a vida ia mudar e sempre me preparei para isso”, continuou. “Para mim, parar de jogar não é um trauma. Minha vida começou de outra maneira. Está sendo muito interessante estudar e estar no Corinthians, conhecer como funciona. Se por um lado perdi, por outro ganho. São oportunidades que devem ser aproveitadas“, disse Lenísio.


Perguntado sobre as lesões que o levaram a encerrar a sua carreira, Lenísio explicou que não o atrapalham na disputa do Interclasses e da FUPE. “Não precisei de um preparo específico. Posso jogar sem problemas. Mas a nível profissional já não é possível. Eram dois treinos, viagens, a exigência física era muito maior”, esclareceu.

Falando sobre o time que disputou o Campeonato Interclasses da UNIP, Lenísio conta que esteve bastante envolvido com a equipe, não só a nível do futsal, mas também no âmbito pessoal. “Participei de tudo, desde a montagem do time até a compra dos uniformes. Infelizmente só joguei uma partida, contra um time de Barueri, e acabamos perdendo. Fui goleiro nesse jogo”, conta Lenísio. “A maioria dos meus colegas é jovem, penso que sou o mais velho da sala. Querem saber como é o cotidiano de um jogador profissional e eu quero saber como é a vida deles. Vejo a troca de experiências como um prazer”.

Pelo campeonato da FUPE, a UNIP venceu os dois primeiros jogos. No último deles, na vitória por 6 a 2 frente à Drummond, na terça-feira (25), Lenísio mostrou faro de gol e balançou as redes pela primeira vez na competição. Comentando a sua participação, Lenísio admitiu que não se sentiu nervoso, mas que está motivado para vencer o torneio. “Não senti frio na barriga. Jogo porque gosto. Gosto do pessoal, tenho amigos que me receberam muito bem. Jogo com o pessoal do Corinthians e de outros lugares. É um ambiente legal, de confraternização. A UNIP não é campeã da FUPE há três anos. Quero ajudar a vencer esse título. A motivação em vencer o campeonato da FUPE e o mundial é a mesma. Estou muito feliz em ter esse objetivo”, afirmou.

Galeria de fotos

APOIO

UNIP NDU Corinthians CBDU Rádio MIX ALFA Formaturas Esporte Clube Pinheiros Metroball São Bernardo do Campo Club Athletico Paulistano Osasco

Social: